O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, informou nesta segunda-feira (21) que a nova campanha contra a Aids que será lançada em 1º de dezembro terá como foco principal mulheres entre 13 e 29 anos e o segmento de homens que fazem sexo com homens (HSH) com idade de 13 a 24 anos.

O anúncio foi feito durante a divulgação do balanço de soropositivos no mundo das Nações Unidas. Segundo a Unaids, braço da organização que mantém iniciativas e estatísticas sobre a doença, até o fim de 2010, 34 milhões de pessoas no mundo conviviam com o vírus HIV, que pode causar a Aids.

No Brasil, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde no ano passado, a ocorrência de Aids em jovens de 13 a 24 anos de idade equivale a 11,3% (66.751) dos casos acumulados no país desde 1980 até junho 2010.

De acordo com Padilha, além de se voltar para este público, a campanha, que vai até o período do Carnaval, utilizará novas estratégias de comunicação, como veiculação de propaganda na TV a cabo e uso das redes sociais.

“Ou nós, que somos profissionais de saúde e militantes da luta contra a Aids, percebemos que a mensagem de hoje é diferente da mensagem que tinha 20 anos atrás, ou nós vamos perder a luta de informação pra mudar a atitude dessa nova geração”, disse.

O ministro também informou que serão adotados novos mecanismos para alcançar o público das regiões Norte e Nordeste e das cidades do interior. De janeiro até o Carnaval de 2012, a pasta investirá cerca de R$ 14 milhões nas campanhas. O valor total para este ano é de cerca de R$ 16 milhões.

Ele disse ainda que haverá uma combinação de propaganda na mídia impressa com ação direta, como as campanhas que ocorrem nas festas de Carnaval.

G1

Veja também

    None Found

Comente via Facebook

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here