A Polícia Civil do Rio divulgou nesta sexta-feira novas imagens de Wellington Menezes de Oliveira, 23, que atirou contra alunos da escola municipal Tasso da Silveira, em Realengo (zona oeste do Rio), matando 12 deles na semana passada.

Esta é a terceira sequência de imagens recuperadas do computador do atirador pela polícia. No vídeo, com 2 minutos e 40 segundos de duração, ele lê um esboço da carta que foi encontrada em seu corpo no dia do massacre.



No primeiro vídeo do atirador, divulgado na terça-feira (12) pelo “Jornal Nacional”, da TV Globo, Wellington aparece sem barba e fala sobre o planejamento do crime. Ele diz que gravou o vídeo dois dias antes do massacre.

“A luta pelo qual muitos irmãos no passado morreram e eu morrerei não é exclusivamente pelo o que é conhecido como bullying. A nossa luta é contra pessoas cruéis, covardes, que se aproveitam da bondade, da inocência, da fraqueza de pessoas incapazes de se defenderem”, afirma.

Na quarta-feira (13), outro vídeo de Wellington foi antecipado pela reportagem. Segundo a polícia, o vídeo provavelmente foi gravado antes de julho de 2010, o que indica que o crime já era planejado no ano passado.

Ele afirma que as pessoas que o desrespeitaram descobrirão quem ele é “da maneira mais radical”.



Hoje também foram divulgadas fotos do atirador com armas, gravadas no computador.

CFSP

Da redação da TV SBUNA

Veja também

    None Found

Comente via Facebook

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here