Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

A partir de janeiro de 2019 todas as motocicletas no mercado nacional terão de ser equipadas com algum sistema que auxilie na frenagem – ABS, sistema antitravamento de rodas, ou CBS, que distribui a frenagem nas duas rodas. O Conselho Nacional de Trânsito publicou resolução nesta terça-feira em que determina que as motocicletas deverão sair de fábrica com sistemas para aumentar a segurança dos condutores. A obrigatoriedade será escalonada a partir de 2016, quando 10% das motos que deixarem as linhas de montagem deverão ter os equipamentos, até que todas cheguem às lojas com os sistemas em 2019.

As motos novas com menos de 300 cilindradas poderão ser equipadas com freios ABS (antitravamento) ou com o sistema CBS, sistema combinado de frenagem para as duas rodas, com distribuição igual. Para motos acima de 300 cilindradas o ABS será obrigatório.

O Denatran exige que em 1º de janeiro de 2016 10% da produção nacional e de importação de motocicletas tenha ABS ou CBS; em 1º de janeiro de 2017 a exigência passa a ser de que 30% das motos tenham os equipamentos; em 1º de janeiro de 2018, 60% das motos; e em 1º de janeiro de 2019 100% das motos terão de ter os sistemas que auxiliem na frenagem.

Veja

Veja também

Comente via Facebook

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here