Morreu na madrugada desse sábado (23) em Recife (PE), Maria da Conceição Moura, que tinha 88 anos. Ela foi a cofundadora do Grupo Moura, que tem como fábrica pioneira em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco.

Conceição Moura morreu de causas naturais em sua casa localizada no Bairro Boa Viagem na Zona Sul da capital pernambucana. Ela era casada com Edson Morró Moura, que morreu em 2009, com quem tinha quatro filhos e criaram juntos o grupo Moura.

O velório da matriarca da família Moura acontecerá a partir das 15h de hoje, no cemitério Morada da Paz em Paulista, região metropolitana do Recife. A cerimônia de cremação foi anunciada para acontecer às 10h desse domingo (24).

Conceição Moura: O legado de empreendedorismo e transformação social

O legado de empreendedorismo e transformação social de Conceição Moura
Engenheira química por formação, Conceição co-liderou o desafio de produzir baterias automotivas no semiárido nordestino e nos deixa um legado grandioso.

É com imenso pesar que o Grupo Moura informa o falecimento de sua co-fundadora, Maria da Conceição Viana Moura, aos 89 anos, na madrugada deste sábado, 23 de fevereiro de 2019. A visionária empreendedora ajudou a construir a história da Economia de Pernambuco nos séculos XX e XXI, além de ter sido responsável por moldar ações de referência na área de responsabilidade social corporativa no Nordeste. Juntamente com seu marido, Edson Mororó Moura, fundou, em 1957, a Baterias Moura, na cidade de Belo Jardim, a 184 quilômetros de Recife (PE), semeando o que seis décadas depois se tornaria o maior polo de produção de baterias da América do Sul.


Engenheira química por formação e recifense de nascimento, co-liderou o desafio de produzir baterias automotivas no semiárido nordestino no final da década de 1950. Após os primeiros anos de implantação e aprimoramento do processo industrial da Bateria Moura, Conceição assumiu a área administrativa da filial da empresa na capital pernambucana. Em 1966, participou de todo o trabalho de pesquisa de máquinas, equipamentos e transferência de tecnologia nos Estados Unidos e Europa, para, no ano seguinte, viabilizar a inauguração da nova e moderna fábrica da Baterias Moura em Belo Jardim – que permanece produtiva e em funcionamento até os dias atuais.

Conceição Moura gerenciou a expansão comercial da companhia, da participação nas principais feiras de autopeças à abertura de novas filiais nas maiores capitais do País. E também acompanhou as tratativas comerciais desenvolvidas fora do Brasil. Foram décadas comandando, lado a lado, com Edson Mororó Moura, os rumos da empresa e preparando a 2ª Geração da Família para assumir a gestão da companhia. No final da década de 1990, assumiu integralmente a missão de consolidar ações de responsabilidade social da Moura, com foco na promoção à Cultura, incentivo ao Empreendedorismo e fortalecimento da Educação de Belo Jardim.

Em 1999, Conceição abraçou a causa do Programa Qualidade Total na Educação – 5S nas Escolas, que passou a ajudar na gestão escolar, transmitindo as normas de Gestão pela Qualidade implementadas pela Moura nas unidades de ensino municipais de Belo Jardim. No ano 2000, foi a vez da criação da Associação de Recicladores e Artesãos, que retirou dezenas de pessoas dos aterros sanitários da cidade. Em 2006, foi inaugurado o Centro de Artesanato Tareco & Mariola, proporcionando a comercialização e o resgate do trabalho artesanal de Belo Jardim. Além dessas iniciativas, coordenou os projetos do Coral Moura, Orquestra Viva, Estado de Arte, Junior Achievement e Projeto Semear, que, juntos, integravam o antigo Programa Tareco & Mariola.

Em 2014, o seu trabalho de transformação social foi consolidado na criação do Instituto Conceição Moura, uma organização de investimento social privado, sem fins lucrativos, concebida e mantida pelo Grupo Moura, promovendo ações e projetos de Arte & Cultura, Educação e Meio Ambiente. Tem como principal objetivo tornar Belo Jardim uma cidade melhor para se viver. Anualmente, 10 mil pessoas são beneficiadas pelo Instituto.

A família Moura e os 6.000 colaboradores do Grupo Moura na América do Sul agradecem o exemplo, a dedicação e todos os ensinamentos repassados por Dona Conceição. Uma líder inspiradora, que deixa como legado a obstinação para perseguir e tornar realidade sonhos e não medir esforços para compartilhar o bem.

Grupo Moura

Veja também

Comente via Facebook

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here