A presidente Dilma Rousseff cancelou o pronunciamento que faria nesta quinta-feira (7) durante cerimônia de comemoração para pequenos empresários devido à morte de dez crianças por um atirador que invadiu uma escola no bairro de Realengo na manhã de hoje. A presidente afirmou que não faria discurso “devido ao fato que aconteceu em Realengo”.

– Não vou fazer discurso, porque hoje nós também temos o que lamentar, que é o fato que aconteceu em Realengo com crianças indefesas. Não era característica do país ocorrer este tipo de crime. Por isso, eu considero que todos aqui estamos unidos no repúdio àquele ato de violência, no repúdio a esse tipo de violência, sobretudo com crianças indefesas, por isso encerro meu pronunciamento.

Emocionada, a presidente chorou ao pedir aos presentes um minuto de silêncio pela morte das crianças.

– Homenageando crianças inocentes que perderam a vida e o futuro lá em Realengo. E proponho um minuto de silêncio para que nós façamos nossa homenagem a esses brasileirinhos que foram retirados tão cedo da vida.

Em seguida, ela encerrou a cerimônia e se retirou do Salão Nobre do Palácio do Planalto, onde acontecia o evento. Estavam presentes na cerimônia vários ministros de Estado, como Guido Mantega (Fazenda), Helena Chagas (Comunicação Social) e Garibaldi Alves (Previdência), além de senadores, deputados, prefeitos e outras autoridades brasileiras.

R7

Da redação TV SBUNA

Veja também

    None Found

Comente via Facebook

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here